6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

16 de abril de 2013

Deve-se ou não aplaudir o Hino Nacional?

Você é quem sabe. Se quiser aplaudir, aplauda.
A verdade é que não existe nenhuma norma ou regra que proíba o aplauso depois que o hino for tocado.
Tudo o que a legislação prevê sobre o assunto está escrito na Lei 5 700 de 1º de setembro de 1971. Ela traz uma recomendação bem genérica, instruindo que a apresentação dos símbolos do país - a bandeira, as armas nacionais e o hino - exigem "atitude respeitosa" dos cidadãos. "O aplauso é uma manifestação pública, não é uma falta de educação e nem de respeito.
Portanto, não há nada que impeça o público de aplaudir a execução do hino.
Essa história de que não se pode aplaudir o hino ganhou força nas escolas.
Hoje, apenas os mais tradicionais acham falta de educação aplaudir o hino - ainda assim, apenas nas cerimônias mais formais, como antes da entrega dos diplomas em uma formatura, por exemplo. Mas, na maioria dos encontros públicos, como shows, comícios e jogos de futebol, o público costuma se empolgar depois do "pátria amada, Brasil.
Pode bater palmas que tá liberado!

Um comentário:

Antonio Claret disse...

No exercito todo cidadão aprende que quando é tocado por banda, conjunto, solo ao vivo pode aplaudir. Quando reproduzido em cd não deve apalaudir.

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.