6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

3 de julho de 2015

RELATÓRIO APRESENTADO PELO SENHOR ROMUALDO CINTRA, SOBRE A CASA DE CONVIVÊNCIA JOSÉ CAETANO PEREIRA DE BRAZÓPOLIS

                               
Caro  brazopolense,  a  matéria  a  seguir  é  uma  síntese  do que vem  ocorrendo  na Casa  de

Convivência  José  Caetano  Pereira, desde a  desapropriação  do  patrimônio  do  Lar  Dona

Maria Adelaide (LADMA) pela Prefeitura Municipal.



Em maio de 2013, a instituição passou a ser administrada pela Associação de Assistência  

e  Promoção  às  famílias  Carentes  de  Brazópolis,  sob  a  coordenação  da Sra.  Lúcia Helena

Fernandes,  indica da  pelo Sr.  João  Mauro  Bernardo (prefeito),  e  que  foi,  então contratada

Pela referida Associação, pela então presidente, a Sra. Rosa Maria Garbi.

Os  antigos  funcionários  do  LADMA foram  demitidos; todos os seus direitos foram pagos com a verba   da   desapropriação.

A   maioria   foi recontratada pela   Associação de  Assistência.

Dentre os contratados estava o Sr. Douglas, que já vinha prestando serviços na  área  administrativa, para  auxiliar  a  Sra.  Lúcia  Helena.

O  Sr.  Douglas pediu  demissão alguns meses depois, não tendo sido contratado ninguém para substituí-lo...

25 comentários:

Anônimo disse...

acho que teria quer ter uma atençao especial

Anônimo disse...

Entao ja que é a prefeitura que toma conta , deveria prestar atençao em quem é responsavel por ;; porque todos sabem que tem muita coisa errada la e nimguem toma providencia .. a começar pelo salario da sra lucia Helena e o sr Arnaldo ...e ver de perto a situaçao daqueles pobres coitado que tao a Deus Dará ;;nessa cidade tem tanta coisa errada nao sei onde anda as autoridade dessa cidade que poem uma venda nos olhos e só enxergam o que quer;;;

Anônimo disse...

Alguem sabe falar ,porque o sr Doulglas foi Demitido .....A cidade inteira sabe só que nao pode falar ele é protegido ;; agora tb a sra lucia e o sr Arnaldo é protegido tb

Anônimo disse...

Belo relatório...bonitas palavras!!! É uma pena que esse seja apenas palavras. A população de Brazópolis sabe muito bem, que esta casa, que deveria ser para cuidar de nossos idosos em uma fase tão difícil de suas vidas, sirva apenas para fazer política. Sabemos da real administração desse casal, bem como da péssima aplicação dos recursos destinados a essa entidade. Todo o trabalho descrito que esta sendo feito, não é mérito de ninguém,uma vez que estes recebem para fazer isso.Apenas por zelo e amor aos nossos idosos, eu duvido que alguém faça alguma coisas.

Anônimo disse...

Que bom que estão dispostos a trabalhar de maneira transparente!! Mostrem para população os valores apurados com a realização da feijoada... lastimável usar o nome de nossos idosos para outros fins!!!

Anônimo disse...

Sr. Arnaldo para Prefeito e Vice Lúcia Helena.kkkkkkkkkkkkkk Se cuida João Mauro

Anônimo disse...

Parabéns Sr. Lúcia pelo belo trabalho voluntário. Admiro-te muito como mãe, esposa e profissional. Mulher religiosa, muito querida pelos párocos que pela cidade já passaram.

Anônimo disse...

Por melhor que pareça o lugar onde moram os idosos nada poderá ser comparado a um lar, onde seja cuidado pelos próprios familiares!

Anônimo disse...

Se o nosso país chamado Brasil fosse um país justo, os idosos nao teriam necessidade de lugares como esse, porque teriam condiçoes mínimas de envelhecer com dignidade, ou seja, pagar por um cuidador para cuidar do mesmo, sem necessitar sair do próprio lar. Digo dignidade pelo fato de respeitar sua individualidade, sua vontade de querer ou nao morar em outro lugar que nao seja sua moradia. Se tivéssemos uma previdência social digna, decente, nossa vida na terceira idade seria outra com certeza!

Anônimo disse...

Maravilhoso trabalho Sr Romualdo, se todos fossem criativos como vocês nossa terra estaria bem melhor, parabéns a todos, iremos aí fazer uma visita tão logo que estivermos em Brazópolis, mais um vez mil parabéns ao senhor e toda a diretoria, que te vil quem te vê , água para vinho. Belezaaaaaaaa.

ANDRE disse...

PARABÉNS LUCIA E ARNALDO!!!!

Anônimo disse...

Gostaria de um esclarecimento, porque o asilo sofre a intermediaçao da associaçao de familias carentes?

Anônimo disse...

Quem faz bem feito não precisa se preocupar em tentar convencer do que se está fazendo!!! Sr Romualdo... dando a cara a tapa.. cuidado heim..

Anônimo disse...

Triste!!!

Anônimo disse...

Sr. Anonimo do dia 3 de julho de 2015 16:18.. trabalho voluntário onde? ela ganha e muito bem... ou seja devia administrar melhor. E deixar completamente transparente tudo que acontece la pq fik tudo em baixo dos panos...

Anônimo disse...

Ao ver uma pessoa tão esclarecida e informada como o Autor deste relatório gastar tanto tempo e palavras para elogiar os administradores desta entidade, que me pus a questionar: _Se o trabalho dos administradores está sendo tão bem realizado por que a necessidade deste relatório então?? Td que caminha bem, por si só se mostra, não precisa ninguém "gritar" isso. Quem faz de coração, pensando apenas do bem estar do outro precisa cobrar reconhecimento pelo "mérito do trabalho"?? Citando tb trechos bíblicos: "Guardai-vos, não façais as vossas boas obras diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; Não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita; (Mateus, VI: 1-4)."!! Caridade e doação não precisam de publicidade!! Só chego a uma conclusão... precisamos de pessoas que se proponham a amar mais o próximo do que ao dinheiro, do que ao status que infla o ego!!

Anônimo disse...

Tudo muito bonito, mas vejo que só foi levado em conta o que o Sr. Arnaldo e a Sra. Lucia fizeram, mas tem muitas outras pessoas por trás de todas estas melhoras. As reformas, por exemplo, realizadas nas salas de medicamentos e nos banheiros, foram idealizadas pelo Professor Nelson do CEP, nome que deveria fazer parte deste relatório, os grupos que trabalharam, se quer foram citados. Parabéns estão fazendo política certinho

Anônimo disse...

Sr. Anônimo do dia 06 de julho de 2015 09:06, muito bem colocado que o trabalho feito passa bem longe de ser voluntário...mas talvez você não tenha entendido o real sentido da frase... acredito eu, que o autor da frase, tenha sido bem sarcástico ao expor sua opinião. Releia e tente pegar a essência da coisa.. frase muito bem colocada!!!!

Anônimo disse...

Anonimo de 6/julho - 11:47. FALOU E DISSE. PERFEITO!!!! Eu até confiava na administração dessa entidade... mas depois desse, perdeu toda credibilidade, se é que ainda sobrava alguma. Se estão tão preocupados em passar confiança, algo de errado deve estar se alastrando. Autoridades responsáveis, olhos abertos.. precisa de uma atenção maior.

Anônimo disse...

sr. Anonimo do dia 7 de julho de 2015 12:20 quando questionei a repeito do trabalho voluntario foi baseado nesse comentário, Parabéns Sr. Lúcia pelo belo trabalho voluntário. Admiro-te muito como mãe, esposa e profissional. Mulher religiosa, muito querida pelos párocos que pela cidade já passaram.entao creio que nao tem nenhum tom de sarcásmo.

Anônimo disse...

Os idosos foram bem cuidado no passado graças as irmãs da providencia que supervisionava tudo com olhar amoroso.

Anônimo disse...

TO BOBA

Antonio Claret disse...

Meu Deus não da para comentar.........................

Anônimo disse...

Pra mim, são tudo farinha do mesmo saco!

Anônimo disse...

Uma pergunta para o relator do artigo: Quantos vezes você conversou com algum idoso desta casa? Sua preocupação é realmente com os idosos? Não vejo em nenhum momento convite para que a população faça visita, e levem carinho a eles. Eles passaram a ser segundo plano? Entidades como APAE e Lar da criança, não precisam de defensores, pois tornam públicos seus atos " Seus movimentos de arrecadação de verbas". Você não acha que é isso que esta faltando?

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.