6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

17 de julho de 2013

ESCLARECENDO OS GASTOS DA JMJ- JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE



Já vimos gente demais reclamando da vinda do Papa. É. Portanto,  minha obrigação de católico explicar a verdadeira situação.

Eis aqui 10 pontos que respondem a todos que tem feito críticas ao evento da Jornada Mundial da Juventude. Todos têm direito de questionar, mas também de saber de forma transparente sobre os custos do dinheiro público. Por isso, deixo aqui os esclarecimentos que podem tirar dúvidas e inverdades que estão sendo ditas por aí.

1 - 68% dos brasileiro são católicos que pagam 4 meses de impostos. Nossos impostos como católicos está custeando. Pronto.

2 - Outra coisa: a vinda do papa é custeada pela inscrição da jornada.

3 - Segurança é mais que obrigação do governo, afinal 75% dos participantes da Jornada são estrangeiros. Logo o governo deve garantir a segurança deles.

4 - Todo papa, além de líder máximo dos católicos, é chefe de estado e de governo. Portanto é dever civil de todo Estado que acolhe o Papa (enquanto chefe de Estado) oferecer-lhe a segurança máxima para sua vida, assim como a QUALQUER OUTRO que faça visita oficial ao país.

5 - Além do mais os ganhos com a vinda do Papa ao País será em torno de mais de R$ 300 milhões. Em 2011, quando Obama veio ao Brasil, houve um gasto de 120 milhões POR DIA, sem lucros. E isso ninguém critica.

6 - Não há nenhum investimento do Governo na Jornada. Os Peregrinos que vêm serão acolhidos em casas de família e de entidades particulares, em alguns alojamentos públicos como casas de festa, escolas particulares e escolas estaduais. Nessas, toda a responsabilidade será da paróquia que estiver na sua 'coordenação', não havendo nenhuma participação dos órgãos governamentais em limpeza ou manutenção.

7 - O Papa ficará hospedado no Sumaré, que é mantido pela Arquidiocese do Rio de Janeiro.

8 -Todos os gastos da Jornada estão sendo custeados pelo próprio instituto Jornada Mundial da Juventude, por meio de contribuição dos católicos, voluntários e peregrinos, que pagaram pela inscrição e ainda contribuíram com um fundo de solidariedade, que está destinado a colaborar na construção de toda a Jornada.

9 - Logo, não há investimento nem do Município, nem do Estado, menos ainda da instância Federal.

10 - Na verdade, a Jornada está sendo usada como um "evento-teste" para provar que o Rio tem capacidade de receber grandes eventos e grande quantidade de pessoas. O dinheiro que será gasto pelos governos federal, estadual e municipal com a vinda do Papa ao Brasil para a JMJ RIO 2013 será investido na melhoria da segurança, transporte e infraestrutura. Ao invés dos governos estarem reclamando, estão "adorando", pelo fato de que isso irá melhorar o transporte do Rio (que é precário), a segurança (como a instalação de UPP'S nas favelas) e o mais importante (para os governos): irá aumentar o ganho econômico e turismo tanto no Estado quanto na cidade do Rio de Janeiro.

Quantos jovens não quererão voltar para o Rio de Janeiro? Quanto os jovens não irão gastar na cidade? Por exemplo, uma pesquisa feita disse que durante da Jornada Mundial da Juventude os restaurantes ganham em 5 dias o que eles ganhariam em 5 meses.

A Igreja Católica irá arcar com suas próprias despesas. Até mesmo, a Arquidiocese do Rio contratou 2 mil seguranças particulares, que serão pagos com o dinheiro da Igreja para a segurança dos peregrinos durante a Vigília e a Missa de Envio no Campus Fidei. Além disso, isso é "pouco" pelo que o governo terá que investir com a Copa do Mundo em 2014 e com as Olimpíadas em 2016.

A #JMJRio2013 não trará gastos para o Rio de Janeiro, mas apenas lucros . Olhemos para todo comércio, infraestrutura, hotelaria, restaurantes, lojas... Muitos mais serão beneficiados. Assim foi em todos os países por onde passou a Jornada.

 ESCLARECIDOS OS EQUÍVOCOS LEVANTADOS POR DESCONHECIMENTO DAS COISAS, DESDE JÁ SEJA BEM-VINDO O SANTO PADRE PAPA FRANCISCO! A CASA (DE TODOS OS CARIOCAS E, NESTA HORA, DE TODOS OS BRASILEIROS) É SUA... LITERALMENTE, O POVO DESTE PAÍS O ESPERA DE BRAÇOS ABERTOS, POR EDUCAÇÃO E CIVILIDADE. OS CATÓLICOS, COM TODO O SEU AMOR!

 PS.: Obrigado ao Casal Marcos e Selma Barbieri, de Itu-SP, pelo serviço de informação a todos os que têm direito à verdade!

9 comentários:

Anônimo disse...

Seu texto é contraditório...basta ler com um pouco de calma e notará isso!

Fátima Noronha disse...

O texto não é meu. Se leu até o final verá que é do casal Marcos e Selma Barbieri.

Antonio Claret disse...

Tudo bem que o dinheiro é da igreja, mas que eu saiba a igreja vive de doações (dízimo) não é justo gastar tudo isto. Acho necessário sim a presença do PAPA, mas que estão fazendo muito barulho e gastando muito dinheiro sim. Quanto vinho 1.000 garrafas especiais, demais não. Está na hora de reavaliar tudo isto.

Anônimo disse...

Muitas vezes o que faz bem pra alma esvazia o bolço,mas mesmo assim ajudamos alguém,repartimos o que temos,doamos sem poder,no meu meio é assim.Não critiquemos iniciativas voltadas pra Deus,o mundo estáprecisando desses momentos.

Anônimo disse...

Sou Católica, e fico mto triste com essas pessoas q além de não saberem o q falam, inventam. Por favor, se informem, leiam, antes de sair falando o q naum sabem.
Independente da religião, estamos falando de Deus, de atos humanos e gestos bonitos. A nossa juventude está perdida, estamos vivendo em um mundo onde filhos matam os pais por causa das drogas, dentre tantas outras coisas horríveis q vemos por ai.
Ao invés de criticar, devemos ficar felizes, por saber q existem jovens q lutam por um mundo melhor, q aceitam Deus e q por causa deles, nossos filhos poderão ter a sorte de viver em um mundo com mais amor.
Que me desculpe quem naum concorda, mais eh soh o meu ponto de vista.

Anônimo disse...

Claro que é louvável e altruísta o sentimento que une a maiorias dos católicos na JMJ, mas precisaria envolver o Estado Laico? Precisaria custos monetários tao altos? O Papa não predica simplicidade e austeridade?(Não é culpa dele, com certeza ele teria escolhido algo mais austero) vc acha que por acaso o Deus da religião Católica seja diferente do Deus das outras religiões? Em verdade a mensagem que os Católicos querem trazer é de Deus, então não devia ser rotulada, Deus não tem religião, Deus está em todas as religiões. As pessoas não estão reclamando dos Católicos, nem do Papa, estão reclamando do enorme gasto em momentos que o Pais está submerso no caos da Saúde, educação, transporte etc. Amanha os seguidores de dezenas de religiões existentes no Pais se sentirão com direito de reclamar gasto público proporcional ao numero de adeptos, para bancar reuniões que tragam a mensagem de Deus. O objetivo é bonito, louvável altruísta, mesmo que (na minha opinião que pode ser errada) também existam objetivos de atrair e recuperar seguidores, o que é compreensível, toda religião tem objetivos similares, visando a suposta salvação, que acreditam ser sua religião determinada o único caminho. A minha pergunta é não haveria formas mais democráticas e menos custosas para isto?

um jovem disse...

Como eu gostaria de participar, estar no meio, e louvar.Quem sabe ainda consigo ir e ouvir hinos e conversas que eleve o meu espírito e possa sentir a presença sublime de Deus.

Anônimo disse...

Não tenho religião, mas, sou uma pessoa cristã. Concordo que os gastos com a JMJ são altos, no entanto, muitos dos custos com segurança e infraestrutura para receber o papa, se devem ao fato do Brasil não oferecer uma estrutura adequa para receber grandes eventos e autoridades, deste modo, é necessário ser feita uma "maquiagem", no caso por onde o papa irá passar, afinal querem mostrar ao mundo muito mais do que o país realmente é. Quanto a segurança, país algum gostaria de ser aquele onde o papa levou um tiro ou coisa pior aconteceu. O país deve melhorar para receber eventos, personalidades e autoridades mundiais, mas, que primeiramente os investimentos sejam feitos e pensados para a população usufruir antes de tudo, assim todos ficaram mais satisfeitos, pois não seram necessário tantos gatos para receber seja quem for que vier ao nosso país, afinal turismo movimenta dinheiro, exemplo são os países que a economia depende deste. O evento traz uma mensagem muito legal para todos e que deve ser seguida. Que outras religiões também tenham apoio para realizar seus eventos e espalhar a palavra de DEUS.

ateuedai disse...

Desculpe, mas de onde saiu essa informação que com a visita do Obama foram gastos 120 milhões por dia? Pois eu procurei na internet e não vi nenhuma agência de notícias que a confirmasse.

Além do mais, não foi uma visita sem lucro. Na ocasião da visita do Obama, foram feitos 10 acordos comerciais com os EUA que trarão um retorno muito maior que os gastos feitos com sua visita.

Além do mais, o custo é dividido entre os dois países que organizam o encontro, não é tudo custeado pelo Brasil.

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.