6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

28 de janeiro de 2015

PARABÉNS A D.FRANCISCA ANTUNES GOMES

 D. FRANCISCA ANTUNES GOMES, FILHA DE ADOLPHO ANTUNES SIQUEIRA E D. MARIA DAS DORES SIQUEIRA, NASCEU EM 24 DE JANEIRO DE 1929 EM UMA FAZENDA NO BAIRRO TEODOROS, EM BRAZÓPOLIS-MG. CRESCEU EM TEMPOS DIFÍCEIS PARA ESTUDAR, OU ESTUDAVA EM CASA COM OS PAIS, OU IA PARA CIDADE E FICAVA EM CASA DE PARENTES, SENDO ESTA A OPÇÃO DE SEUS PAIS. MORANDO COM A VÓ D CÂNDIDA, INICIOU SEUS ESTUDOS NO GRUPO ESCOLAR “CEL FRANCISCO BRAZ” E APÓS CONCLUIR O PRIMÁRIO SEGUIU PARA O INTERNATO DO COLÉGIO SANTA DOROTÉIA, EM POUSO ALEGRE-MG ONDE PERMANECEU ATÉ SE FORMAR. JÁ EM BRAZÓPOLIS, CASOU-SE COM O SR FRANCISCO OSVALDO GOMES (CHIQUINHO ANICETO) COM QUEM TEVE SETE (7) FILHOS.
COM OS FILHOS CRESCIDOS E COM O INCENTIVO DE MEU PAI, QUIS SER PROFESSORA E COMO EXIGÊNCIA DA ÉPOCA VOLTOU A ESTUDAR. FORMOU-SE EM PEDAGOGIA, CIÊNCIAS FÍSICAS, BIOLÓGICAS, SUPERVISÃO ESCOLAR E FOI CONCRETIZAR SEU SONHO EM LECIONAR, ENQUANTO ISSO NASCIAM OS NETOS PARA SUA ALEGRIA. FORAM 29 ANOS DE DEDICAÇÃO E AMOR À PROFISSÃO, ATÉ QUE EM 1999 VEIO A APOSENTADORIA, UM CHOQUE, ACARRETANDO MUITAS SURPRESAS: ANEURISMA CEREBRAL, A MORTE DE SEU MARIDO (MEU PAI), NASCIMENTOS DOS BISNETOS QUE ADORA, FÊMUR QUEBRADO, ARTROSES, DENTRE OUTRAS, QUE SENDO MUITA GUERREIRA E COM MUITA FÉ, NÃO SE DEIXOU ABALAR.
EM MAIO DE 2007 AUTOGRAFOU SUA PRIMEIRA REMINISCÊNCIA: “MEMÓRIAS VIVIDAS” E EM 24 DE JANEIRO DE 2015, DIA EM QUE COMPLETOU 86 ANOS DE VIDA, AUTOGRAFOU SUA SEGUNDA REMINISCÊNCIA “O HOMEM QUE VEIO DA GERMÂNIA”.
RENDO-LHE AQUI, MINHA MÃE, UMA HOMENAGEM.

OBRIGADA, MARIA APARECIDA GOMES DE NORONHA




Parabéns, D. Francisca. Que Deus a abençoe muito e lhe dê muita saúde, paz e felicidade. 
Os brazopolenses agradecem por tudo de bom que fez, e ainda faz, por nós.
Um grande abraço!
Fátima Noronha

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Dona Francisca, que deus lhe de muita mais anos de vida e saúde.A senhora foi minha Professora, possuo grande carinho por você.

Abraços

Seu ex aluno Lucimilton

Flavio Toledo disse...

Dona Francisca. Minha eterna professora de ciências. Aprendi gostar de química graças à Senhora (já falei isso pessoalmente). Jamais esquecerei aquela vez em que nos encontramos no trevo do observatório para olharmos a passagem do cometa Halley em 1986. Eu tinha 18 anos. Estávamos eu, o Marquinho popó, filho do Quinzão, Régis Cipresso (filho do Domingos Cipresso) e um filho seu. Abraços e beijos.

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.