6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

29 de dezembro de 2010

Trovinhas feinhas - POETAÇO DO BRAZ

E o mato vai crescendo...

Na cidade o mato cresce,
Parece abandonada,
O perigo é um dia
Chegar aqui a bicharada...

Pensando estar na selva,
Vendo a grama tão grandinha,
Vão chegar tigres e onças,
Pra viver com as cobrinhas
Que já perturbam o sossego
E trás perigo às criancinhas...

Ainda bem que existe,
Um mago misterioso,
parecendo assombração,
sorrateiro, pela noite
Joga no mato uma porção.

No outro dia nós vemos,
Como num passe de mágica,
O mato todo mortinho,
Todo amarelo e sequinho...

Precisamos encontrá-lo,
E uma surra lhe dar,
Não sabe esse safado,
Que deve ser bem zureta,
Que essa porção que ele joga
Suja a água que tomamos
E contamina o planeta?

14 comentários:

Anônimo disse...

antes de "surrá" o tal mago,
saiba que ele é empregado,
ele apenas cumpre ordem!
O coitado é pau mandado

pra falar tem que saber,
so pra depois apontar o dedo
o responsavel por tanto sujeira
é nosso querido prefeito.

Anônimo disse...

A sujeira o povo faz
o mato é da natureza
mas mata-mato na rua
proibido com certeza
não se sabe quem jogou
ninguém viu, ninguém notou

Mas uma coisa eu sei
Todo mundo é culpado
o prefeito por colocar
e o povo por ficar calado!

Fátima Noronha disse...

Pelo menos esse mato está inspirando algumas pessoas...kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Eu também to inspirado
mas também muito assustado
de ver cidadezinha
Coitadinha, tão feinha...

Maria do Vá disse...

Dêxa o mato crecê
Pá mode podê escondê
A lixaiada na rua...
Tem paper pá tudu ladu
Desse povo mardiçuadu
Que não tem inducação
E joga os paper nu chão!

Sissa T. disse...

Vamos combinar gente, cada um limpa a frente da sua casa e fica tudo bem,o código de postura da prefeitura é que está ultrapassado,todo mundo tem que ser responsável pela limpeza da frente de sua casa e pronto, não custa nada colaborar. E o lixo que a população joga o dia inteiro pelas ruas da cidade? e a avenida que é a lixeira das madames que ali moram? é uma vergonha reclamarmos dos matinhos. Esse poetaço é um babaca,precisa de uns tabefes na cabeça pra vermos se ele sara.

Ana Paula S. disse...

E até hj o mato tá crescendo, verdinho, verdinho...

Anônimo disse...

Pra se julgar "poeta", tem que pelo menos saber escrever.
"PORÇÃO"??????
Neste contexto, acredito eu, a palavra deveria ser "poção",não é verdade?
Poetaço, onde?

Anônimo disse...

Joga no mato uma porção?
Ai, doeu meu coração...
De ver tamanha ignorância, de um “poeta assumido”
Se ao menos tivesse lido
Talvez tinha percebido
E logo feito a correção

Poetaço, “faz`favor
Escreva com mais amor
Pelo menos da próxima vez
Vê se perde a vergonha
Procura o Regis Noronha
E aprenda o português

Antonio Claret disse...

E vai continuar crescendo...........kkkkkkkkkkkk

Poetaço do Braz disse...

Porção: dose. Foi assim mesmo que escrevi. PORÇÃO! Uma dose mágica!
Mas que o mato cresce, isso cresce e uma porção de qualquer coisa que mate o mato faz ele morrer.
Ser poetaço não é pra qualquer um.
E pra quem não sabe, POETAÇO quer dizer (poeta+aço) Aquele que faz maus versos; poetastro!
Por isso não impliquem com o meu português, falou???
Abraço a todos...
E o mato vai crecendo, crescendo, crescendo... hahahaha

Anônimo disse...

Dose mágica é POÇÃO!!!!!!!!
Assume o erro, fica menos feio.
Se deixar PORÇÃO, é porção de que?????
Porção de Ignorância?
Pela teor da resposta deve ser.....

Antonio Claret disse...

a.nô.ni.mo, masculino
aquele que não assina o que escreve
aquele cujo nome não é conhecido
aquele que se quer manter desconhecido.
Liga não poetaço, estão com pura inveja de você.

Poetaço do Braz disse...

O anônino aparece
deve ser lá do além
critica o que escrevo
e nem nome ele tem.

Por que não fica quietinho?
Pára de querer ser espertinho
toma uma POÇÃO pra memória
que lembra seu nome direitinho...


Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.