6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

27 de janeiro de 2016

Saudade... loja Calçados Souza.



Quem passa ali pelas redondezas do Mercado Municipal sente que algo está faltando, um grande vazio.
Cadê a Loja de Calçados Souza? Cadê o cantarolar da Neuza Vichi, cadê o sorriso simpático da Teresa?
Lá não era apenas uma loja onde se vendiam calçados, era uma referência, era bem mais que isso... Ninguém passava por lá sem ao menos dar uma paradinha e conversar um pouco.
Neuza, sempre com seu bordado nas mãos, dando sua gostosa gargalhada, convidando a todos para uma prosa, contando as novidades...
Teresa, um exemplo de doação e companheirismo, sempre pronta a servir os fregueses e os amigos com simpatia e paciência.
Foram mais de meio século de trabalho, lutas, construções de amizades. Ali não faltavam palavras de estímulo àqueles que paravam por lá, não apenas para comprar calçados, mas também para contar seus problemas, contar suas alegrias, jogar conversa fora....
As portas se fecharam para um merecido descanso destas duas guerreiras. Qualquer comentário ou elogio a estas duas mulheres se faz necessário, mas as grandes amizades que fizeram durante suas jornadas falam por si mesmas.
Merecem aplausos e nós as aplaudimos com gratidão.
Obrigada Neuza, obrigada Teresa, vocês construíram uma parte importante da história de nossa Brazópolis e de nossas vidas.

6 comentários:

Anônimo disse...

Grande perda para a cidade. Naquele local trabalhava uma família para servir as todas as famílias brazopolenses que gostavam de se calçar com elegância, conforto e preços módicos. Eu faço parte dessa família, e hoje são só saudades. O TEMPO PASSA NINGUÉM PERDURA, MAS O CALÇADO SOUZA É O QUE MAIS ATURA. Agradeço em nome de toda famíla Souza Vichi pela homenagem, obrigado, Diógenes.

Zezé Gonçalves disse...

EU*CONHECI*DEMAIS*JOAQUIM DE SOUZA VICK?*MEU*CORAÇÃO*CHIKI*TRAIS*ASSIM*MÊ*
ESFÔRÇA*ÊI*LEMBRAR*ÔI*QUANDO*COMPREI*SAPATÃO*PRÁ*MIM*CALÇAR?*VOANDO*JOAQUIM*
FOI*Á*MORAR*COM*DEUS*REPOUSAR*SALVAI*SEUS*FIM*BOM*PAPAI?*Á*NEUZA*SERÁ*DEUSA*
DÁ*GENTILEZA*Á*TEREZA*PRÁ*FRANQUEZA*SEI*QUEM*SÃO*ELAS?*EU*RECORDEI*MEU*BEM*
MARIA*ÔI*Á*TAL*DIA*TEMPÃO*PASSADO*FOI*DELAS*COMPROU*CALÇADO*ELA*NÁ*FUNERAL*
JÁ*VIAJOU?*DELA*Á*MIM*DÁ*SAUDADE*E*PRÁ*FIM*ETERNIDADE?*SALVES*?????
"ZEZÉ" GONÇALVES*****27*01*2.016*AS*22*Ê*55*

Anônimo disse...

Ei.. DH, por onde vc anda, rapaz?... DH era o apelido do Diógenes... ele gostava de avião, tinha fotos de avião de caça, etc... na Semana Santa ele acompanhava seu pai, Oswaldo (que tocava clarinete na banda), e DH ficava na frente, segurando a partitura... nós tínhamos 10, 11 anos...

Anônimo disse...

Quem é o anônimo que conhece o DH? Realmente eu era uma partitura ambulante e intinerante. Identifique-se, para saber onde está o DH... Ele está mais perto do que voce pensa...Abraços ao anônimo.

Anônimo disse...

Ei, DH, meu e-mail é gr.l.j@hotmail.com Me passe uma mensagem e vamos manter contato. Abraços.

Neli Faria disse...

Linda crônica.

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.