6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

31 de janeiro de 2016

MINHA TERRA DEVERIA CHAMAR SAUDADE – Fátima Noronha



Saudade dos velhos tempos em que eu era feliz e nem sabia.
Saudade dos intermináveis discursos do Sr. Zequinha  Gomes que ouvíamos, todos uniformizados, quietinhos em sinal de respeito.
O Hino Nacional cantado em frente à Bandeira do Brasil, todos em posição de sentido conduzidos pela D. Adolfina Faria. Tínhamos orgulho de nossa pátria, de nossos políticos, nossa bandeira...
Saudade dos saquinhos de doce que ganhávamos nas coroações de N. S. Aparecida, no Santuário. Do Corinho da Matriz, com a maestrina dona Ruth  Simões. Da missa das crianças, onde sentíamos mais importantes que os adultos.
Saudade de passear com as amigas dando voltas  no largo da Matriz enquanto os rapazes,  encostados na Igreja, flertavam com as moças.
Dançar de rosto colado no Clube Operário ao som de  “Fellings” com Morris Albert , Please don`t say goodbye com Chrystian  e tantas outras.
Saudade dos Bailes de Grêmio Operário 1º de Novembro, quando a cidade enchia de gente pra ver  a Rainha descendo  a Avenida em cortejo, toda linda  e orgulhosa com o aplauso do povo, rumo ao grandioso Baile.
Saudade dos carnavais do Clube Wenceslau , com nossos músicos tocando as marchinhas que o Zezinho Barbeiro e o Dimitre cantavam. Dos bailes maravilhosos onde íamos de vestidos longos e os rapazes de terno e gravata, recebidos com a simpatia do Seu Joaquim do Clube.
Das gincanas dos blocos no campo de aviação.
Saudade das festas juninas, das quadrilhas, do pau de sebo, correio elegante, casamento caipira...
Saudade do Bar do Gustavo, (nossa primeira “boate”) onde moça de família não devia frequentar, segundo nossos pais, mas mesmo escondidos íamos ouvir músicas gostosas, encontrar os amigos e tomar uma cuba libre ou um Hifi.
São tantas as saudades...
Saudade da D. Isaura e suas aulas de corte e  costura, da D. Lourdes Vergueiro e sua escola de datilografia, dos pirulitos da D. Julita, das torcidas da D. Rosa, do doce de batata da Geralda Cintra, do picolé de pistache do  Bar do Tronco, do chocolate de garrafinha, com licor dentro, do Bar do Tip Top, do Lambari frito do Onofre da Candinha, do pastel do Seu Geraldo, da bolacha preta da padaria do Marinho, do Biju de farinha do Seu Higino...
Saudade de brincar de pé na lata, pique esconde, amarelinha, boca de forno, passa anel, cobra cega, batata quente, bafo, alerta, corre cotia, dança das cadeiras...
Sim, eu era feliz, mas tudo passou... tudo virou SAUDADE...

9 comentários:

Anônimo disse...

Demos pois graças a Deus de vivido esta áurea época, Fátima. Sou um pé rachado do mato, porém vinha de longe estudar na cidade. Em dias de Educação física tinha que ficar na cidade. Meu pai ficava bravo pois desfalcava a turma no eito da roça. Saudades do galope que a Dona Georgina dava na gente nos corredores dos colégios. Dos maravilhosos e Eternos Mestres( Ruth Simões, Edite Simões, D. Julieta, Silvio Noronha, Terezinha Noronha, Dimitre Murad Dona Regina Murad, Dona Cida Cavichi, D. Benedita(inglês) Vergueirinho(coisa mais linda impossível-letra horrível no quadro negrokk), Octacílio Machado, Ulysses, não me recordo o nome da filha do Arthurzinho da farmacia, acho que Bernadete, Tinha um par de perna que quase me matava. Passava o dia no milharal me lembrando dela. Acho que jamais ela ouviu minha vós, pois, como na maioria dos roceiros da época, ficávamos nos fundos das salas. Mal abria a boca. Exceto nas aulas do Doutor Dimitre, pois tínhamos que responder questionários quase que diariamente. Saudades do PROFESSOR REGIS NORONHA de Educação física. Aquele frio desgraçado, mato da peroba coberto de gelo e Ele fazia agente correr, jogar, e caminhar. Saudades! Como é bom ter saudades. É como um sonho, sonhado. Ficará, como tu disse só na saudade, pois hoje as afinidades, o respeito, o Civismo são conceitos tidos como arcaico. Fico emocionado quando ainda encontro alguns destes Mestres que ainda estão entre nós. Jamais medi o conhecimento ou dificuldades de cada professor, para então respeitá-lo. Respeitava todos igualmente. No lazer nem se fala. Acrescentando a lista de saudades que tu menciona, Acresce-se os desfiles cívicos. Uma correria para aprontar uniformes. O grandes times de futebol, tanto urbano com rural. Campeonatos maravilhosos. Estádio Doutor Ataliba de Morais, acho que isto. Saudades! Caiçara, tronco, gustavo, peroba e outros tantos bares. Picolé do bar do tião Serpa na Av. da Aparecida. Gruta, cruzeiro. saudades,saudades. Barbeiro Zezinho do Zédito etc etc etc.

Flora Gomes disse...

Eu também sinto saudade de tudo isso.Bjs querida amiga.

Anônimo disse...

O majestoso time do GAMELEIRA F.C. escalado assim: Luiz da Anita, no gol, Bi, Alexandre Murad, Jorge Murad, Mauricio.......

José Dimas Rosa Chaves disse...

saudade do time paladino,do jardim hoje rodoviária rua da aparecida com suas arvores no canteiro,saudade do sambatuque

Zezé Gonçalves disse...

DONA*FÁTIMA NORONHA*Á*MASSÍMA*MADONA*VEDETE*DÁ*INTERNET*PESQUISANDO*SEU* VALOROSO*GRANDÃO*BLOG*EU*PRESTANDO*ATENÇÃO*CAUTELOSO*LOGO*AGENTE*ENCONTROU*
BONDOSO*ARTIGO*QUÊ*SÊ*BALANÇOU*POTENTE*CORAÇÃO*MEU*AMIGO*SAUDOSISTA*EU*ESSA*
PISTA*DÁ*SAUDADE*ESTOU*VIVENDO*NÁ*TRANQUILIDADE*ABEÇA*NESSA*HORA*Á*SENHORA*
ESCREVENDO*POSTANDO*MENSAGEM*RESGATANDO*PASSAGEM*ANTIGA*QUÊ*FOI*Ê*NÃO*VEM*
MAIS*ÔI*IRRÁIGA*BEM*NÁ*IMAGINAÇÃO*DAÍ*TRAIS*RECORDAÇÃO*AQUI*GOSTEI*APROVEI?
*****FÉ*SALVES*"ZEZÉ" GONÇALVES*****29*01*2.016*AS*10*Ê*10*HORAS*****

raimundo sjc. disse...

por falar em saudade!!!! poço da pedra,campinho da estaçao, cascata original,prainha, poço da porteira. sr JEFERSON DIAS colocando a molecada pra correr .

Anônimo disse...

Pena que nossas crianças não conhecem esse lado das brincadeiras ,como era bom,também sinto muita saudades desse tempo.

Anônimo disse...

havia também o Oscar... Oscar Mesquita... vendia picolé e, mesmo no inverno, andava pelas ruas com a caixa de isopor... "o calor está por demais..." passava gritando...

Anônimo disse...

tudo isso e muito maisFatima ,lendo lembrei me do joao aviao com aquela capa mexendo com todos......

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.