6 ANOS LEVANDO AS NOTÍCIAS DA TERRINHA QUERIDA

AQUI, FÁTIMA NORONHA TRAZ NOTÍCIAS DE SUA PEQUENA BRAZÓPOLIS, CIDADE DO SUL DE MINAS GERAIS.

E-MAIL DE CONTATO: fatinoronha@gmail.com

10 de agosto de 2013

FALECEU O SR. MÁRIO RODRIGUES DE AZEVEDO, NOSSO MÁRIO SACRISTÃO!



Faleceu ontem, dia 9 de agosto,  em São José dos Campos, nosso querido Mário Azevedo, conhecido por todos nós como Mário Sacristão. Seu sepultamento será  hoje, às 15:00h no Cemitério Parque das Flores.

Seu Mário fez parte da infância de muitos Brazopolenses cuidando das crianças no então Jardim da Infância Cônego Teodomiro. Foi também sacristão da nossa Matriz de São Caetano, onde realizava um trabalho exemplar, sempre com muito carinho. Também trabalhava como eletricista. 

Deixa a esposa dona Lurdes Rodrigues de Azevedo, os filhos Carlos, Vera, Mário, Dalva, João Bosco, Cristina, além dos netos.

Seu Mário foi um exemplo de honestidade, bondade, um exemplo de vida.

À família, nosso sentimento de pesar. Que Deus os conforte.

Vá em paz, seu Mário.
Que Deus o recompense por tudo de bom que fez por nós brazopolenses. Brazópolis se entristece com sua partida!
  Maria de Lourdes Rodrigues de Azevedo.

11 comentários:

Conterrâneo disse...

Mário sacristão,não tinha quem não o conhecesse.
Desde as crianças que frequentavam o catecismo na Igreja até os mais velhos, pois de tudo ele sabia fazer. Bom eletrista, pai de família e como bom pai viu a hora de deixar Brasópolis e encaminhá os filhos numa cidade maior.

Anônimo disse...

Estimada D.Lurdes e Filhos
Foi com bastante pesar que recebemos a triste notícia, venho por meio desta, expressar meus profundos sentimentos, mas sei que as palavras não conseguirão cumprir esse papel. Sei que dói muito perder alguém que amamos.
Que Deus ilumine e console a vida de vocês!

Getúlio A. de Lima e Família

Anônimo disse...

A TODA A FAMÍLIA,O MEU SENTIMENTO.
ESTIVE COM ELE A ALGUNS MESES ATRÁS EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS,ACOMPANHADO POR UMA DAS FILHAS NA PRAÇA AFONSO PENA,ASSISTINDO A BANDA MUSICAL DE SANTANA TOCAR,FALEI COM ELE E ELE JÁ COM PROBLEMAS DE SAÚDE.ELE ERA MUITO AMIGO DE MEU PAI-VITOR TEODORO DA SILVA.
SOU DE BRAZÓPOLIS E MORO HOJE EM PARAISÓPOLIS.

FAMÍLIA AZEVEDO disse...

Getúlio,

Recebemos as mensagens, e todos nós da família do Mário agradecemos a lembrança e as manifestações sinceras de condolências. Estamos todos de luto com a perda do pai, do marido, do avô, e do grande homem que foi nosso querido Mário. Palavras como essas nos reconfortam e ajudam a superar esse momento difícil de nossas vidas.

Anônimo disse...

A TODOS DA FAMÍLIA O MEU SENTIMENTO,EU QUE ESTIVE HÁ ALGUNS MESES ATRÁS EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS,COM O SR MÁRIO E UMA DAS FILHAS,NA PRAÇA AFONSO PENA.
AO MEU AMIGO CARLOS UM DOS FILHOS,QUE SEMPRE ENCONTRO TAMBÉM EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS O MEU SENTIMENTO-JOSÉ LUIZ-PARAISÓPOLIS-M.G

Ana Paula Barbosa Mesquita disse...

Que saudade já estou sentindo do meu querido vozinho... Aquele que estava sempre nos esperando na portão, e abria aquele sorriso quando a gente chegava com um simples pirulitinho na mão.Vô Mário a tristeza é tão grande, parece que que nunca vai passar. Tenho certeza que neste momento o sr. está bem e é isso que nos conforta fazendo com que nossa família encontre forças para não desistir.
Vô Mário.... Beijo com sabor de balinha e jujuba para vc!

Anônimo disse...

Me lembro do sr. Mario,sempre calmo,sorridente e amigo de todos.Cuidadva da Igreja da Igreja como se fosse sua casa.As crianças gostavam muito dele,sempre com a maior paciencia.Saudades.

Anônimo disse...

Meu querido vo Mario

Vera Lúcia de Azevedo disse...

Muito obrigada a todos brasopolenses pelas postagens a respeito do falecimento do meu pai. Ele amava Brasópolis. É um momento muito difícil para toda nossa família que não tinha passado ainda por essa experiência.
Foi exemplo de bondade e de simplicidade. Encaminhou seus seis filhos no caminho da bem e de Deus.

Ana Paula Barbosa Mesquita disse...

Meu pai, meu tudo, minha alegria, minha fortaleza, meu escudo, e meu protetor. Minha tristeza é grande, mas minha alegria por saber que Deus o está acolhendo. Vou guardar cada lembrança, cada sorriso, cada mordida no dedo de quando ficava bravo ou nervosa, só p/ não bater na gente. O senhor se mordia mas não batia. Com a lembrança de quando me carregou no colo em Itajubá, eu já grandinha, mas doente, e o senhor me carregou. Queria ter feito muito mais Pai, te carregar, te afagar, mas o senhor sabe né. bjs e fique com Deus pai amado e querido.

Cristina disse...

Seu Mario foi um homem muito bom, tive a felicidade de conviver com ele na minha adolescência. Que Deus o acolha e conforte o coração de seus familiares.

Postar um comentário

Obrigada por dar a sua opinião.
Elogie, critique, mas faça isso com educação.
- Comentário com palavras de baixo calão será excluído.